Perguntas Frequentes do Krita

Esta página contém problemas comuns que as pessoas têm com o Krita. Lembre-se que assumimos que está a usar a última versão do Krita. Por favor, verifique isso para ter a certeza.

Conteúdo

Geral

Questões gerais

O que é o Krita?

Esta é a nossa visão para o desenvolvimento do Krita:

O Krita é uma aplicação livre e de código aberto que oferece uma solução transversal para criar ficheiros de arte digital do zero. O Krita etá optimizado para um uso frequente, prolongado e focado. Os campos explicitamente suportados na pintura são as ilustrações, a arte conceptual, a pintura mate, as texturas, as bandas desenhadas e as animações. Desenvolvido em conjunto com os utilizadores, o Krita é uma aplicação que dá suporte às suas necessidades e processos actuais. O Krita suporta normas abertas e interage com outras aplicações.

É possível usar o Krita na minha própria língua e não no Inglês?

O Krita deveria usar automaticamente a língua do sistema. Se não for o caso, por favor siga estes passos:

  1. Com o Configuração ‣ Mudar a Língua da Aplicação… irá aparecer uma pequena janela.

  2. Carregue em Língua primária e seleccione a sua língua.

  3. Carregue em OK para fechar a janela.

  4. Reinicie o Krita e o mesmo será apresentado na sua língua seleccionada!

Se isso não funcionar, poderá ter de adicionar uma língua de contingência também. Isto é um ero, mas não encontrámos ainda a solução.

Tenho um problema; como é que posso obter suporte para o Krita?

  1. Faça a sua pergunta no Krita Artists.

  2. Lembre-se – o mais provável é que a pessoa com que está a interagir seja um voluntário e, mesmo que não o seja, não é alguém que esteja de facto a ser pago para fazer apoio ao utilizador. Trate-os de forma simpática e com respeito pelo seu tempo! Eles irão agradecer de forma recíproca.

  3. Crie um novo tópico ou publicação para o seu problema e descreva o problema no título. Mesmo que não saiba como o descrever de forma exacta - por exemplo pode dar o título «A ferramenta de texto do Krita está estranha» é muito melhor que um simples «Ajudem!».

  4. Descreva o seu problema. Poderá adicionar capturas do ecrã e vídeos mas, mesmo que o faça, descreve por algumas palavras o que o vídeo apresenta e qual é o problema.

  5. Comunique todos os detalhes relevantes: o mais importante será o seu sistema operativo (Windows, macOS, Linux…), qual a versão do Krita que está a usar (vá a Ajuda ‣ Acerca do Krita para descobrir) e qual o tipo de tablete que usa (se o seu problema estiver relacionado com algum controlador de tablete).

  6. Responda a todas as perguntas que o seu responsável de suporte perguntar, mesmo que pense que não são relevantes. Provavelmente terão uma razão para lhe perguntar isso.

  7. Se não souber a resposta ou não souber como obter as informações que o seu interlocutor pede, não hesite em pedir esclarecimentos.

  8. Se mencionou um problema, por favor ajude nos testes se tal lhe for pedido – isso irá acelerar o processo de descoberta da causa e de preparação de uma correcção.

Será que o Krita tem o recorte de camadas ou máscaras de recorte?

O Krita não tem nenhuma máscara de recorte, mas tem uma funcionalidade de recorte chamada “herança do alfa”. Veja esta página e aprenda a fazer recortes no Krita!

Onde é que estão guardados os ficheiros de configuração?

Estes estão guardados nos seguintes locais para os seguintes sistemas operativos:

Linux

$HOME/.config/kritarc

Janelas

%APPDATA%\Local\kritarc

macOS

$HOME/Library/Preferences/kritarc

O ficheiro kritarc é o ficheiro de configuração. O Krita não guarda nenhuma configuração do Registry do Windows.

Repor a configuração do Windows

Poderá repor ou restaurar a configuração do Krita das seguintes formas:

  • Novo na versão 4.3: Poderá repor a configuração a partir da interface gráfica. Carregue em Configuração ‣ Repor a Configuração do Krita, para que apareça uma janela para confirmar a acção. Mesmo que opte por repor a configuração, será criado um ficheiro de cópia de segurança do kritarc chamado kritarc.backup. Se mudar o nome deste ficheiro de novo para kritarc, irá usar a configuração antes da reposição. O ficheiro da cópia de segurança poderá ser acedido aqui:

    Linux

    $HOME/.config/kritarc.backup

    Janelas

    %LOCALAPPDATA%\kritarc.backup

    macOS

    $HOME/Library/Preferences/kritarc.backup

  • Carregue e mantenha o Shift + Alt + Ctrl carregados enquanto inicia o Krita. Isto deverá mostrar uma janela que lhe pergunta se deseja repor a configuração. Carregue em Sim para a repor.

  • Para o Krita 3.0 e posterior: Apague/mude o nome do ficheiro kritarc, encontrado aqui:

    Linux

    $HOME/.config/kritarc

    Janelas

    %LOCALAPPDATA%\kritarc

    macOS

    $HOME/Library/Preferences/kritarc

Poderão existir outros dois ficheiros que possa querer remover: o kritaopenglrc e o kritadisplayrc.

Se a configuração estava a provocar um estoiro, não apague o ficheiro mencionado, mas mude sim o nome dele e envie-nos o mesmo, para que possamos tentar perceber o que provocou o estoiro.

Se tiver instalado o Krita através da loja de aplicações do Windows, o ficheiro kritarc estará noutro local

%LOCALAPPDATA%\Packages\49800Krita_RANDOM STRING\LocalCache\Local\kritarc

O texto aleatório depende da sua instalação.

Os utilizadores do Windows têm o hábito de desinstalar e reinstalar as aplicações para resolver os problemas. A menos que o problema seja que a instalação ficou corrompida por um anti-vírus ou falha no “hardware”, isso NÃO irá resultar. A desinstalação do Krita, seguida de uma reinstalação do mesmo, irá substituir os “bytes” no seu disco pelos mesmos “bytes” que já lá estavam. Não repõe nada, muito menos as configurações do Krita.

Porque é que a configuração do Krita é reposta por iniciativa própria?

Existem duas razões possíveis:

  • Não gravou a sua configuração.

Isto é mais provável se estiver no Windows e se tiver um ecrã com uma resolução baixa (abaixo do Full-HD) ou se tiver uma resolução Full-HD com a escala da GUI na configuração do Windows activada (cujo valor por omissão é de 150%). Nesses casos, poderá acontecer que não veja o botão OK na janela para Configurar o Krita. Poderá usar o Alt + O em alternativa. (Poderá ir à opção Configurar o Krita… ‣ Geral ‣ Janela e certificar-se que a opção Activar o HiDPI está desligada para desactivar o ajuste de escala do Krita e obter uma GUI mais pequena).

  • Desligou o seu computador com o botão para ligar/desligar.

Se estiver no Windows e se usar o botão para ligar/desligar em vez de um procedimento-padrão para encerrar ou reiniciar o seu computador, poderá acontecer que o ficheiro de configuração do Krita possa ficar danificado. Para resolver isto, basta usar a forma correcta de fechar o seu sistema: tanto poderá usar a opção Iniciar ‣ Reiniciar ou Iniciar ‣ Encerrar.

Onde é que estão guardados os meus recursos?

Veja em Gestão de Recursos.

O Krita diz-me que não consegue encontrar alguns ficheiros e depois fecha; o que é que devo fazer?

As causas para isto podem ser as seguintes:

  • Poderá acontecer que a sua transferência tenha ficado corrompida e faltem ficheiros (o que é normal com uma rede Wi-Fi fraca ou com uma má ligação à Internet, de um modo geral); nesse caso, tente arranjar uma ligação melhor à Internet antes de tentar transferir de novo. O Krita deverá ter entre 80 e 100 MB de tamanho a transferir.

  • Poderá acontecer que algo se passou de errado na sua instalação. Verifique se o seu disco rígido está cheio e reinstale o Krita com pelo menos 120 MB de espaço livre. Caso contrário, e se o problema continuar, poderá haver algo de estranho com o seu disco e recomenda-se que contacte um perito em computadores para diagnosticar qual o problema.

  • Alguns utilitários de descompressão não extraem os nossos ficheiros ZIP correctamente. Os nativos do Windows, do macOS e da maioria das distribuições de Linux deverão funcionar bastante bem, pelo que recomendamos que os use.

  • Você, através de um gestor de ficheiros, apagou ou moveu manualmente os recursos e, como tal, o Krita já não os consegue encontrar mais.

Que Placas Gráficas é que o Krita suporta?

O Krita pode usar o OpenGL para acelerar a pintura e a ampliação da área de desenho, bem como a rotação e o posicionamento. Os GPU’s da Nvidia e da Intel mais recentes geram os melhores resultados. Certifique-se que os seus controladores de OpenGL suportam no mínimo o OpenGL 3.2. Os GPU’s da AMD/ATI são conhecidos por serem problemáticos, principalmente com os controladores proprietários no Linux. Contudo, funciona perfeitamente com o controlador livre da Radeon no Linux para suportar o GPU da AMD. Tente obter uma placa gráfica que consiga suportar o OpenGL 3.2 ou superior para obter os melhores resultados, como por exemplo:

Intel

Intel HD Graphics de 3a Geração, micro-arquitectura IvyBridge ou Bay-Trail, lançada em 2012. Produtos disponíveis de forma comum: Celeron J1x00, N2x00, Celeron (G)1xx0, Pentium J2x00, N3500, Pentium (G)2xx0, Core i3/5/7-3xx0.

AMD/ATI

Família Radeon HD 2000, micro-arquitectura TeraScale 1, lançada em 2007. Produtos disponíveis de forma comum: Radeon HD 2400 PRO, Radeon HD 2600 PRO, etc.

Nvidia

Família GeForce 8, micro-arquitectura Tesla, lançada a 2006. Produtos disponíveis de forma comum: GeForce 8400 GS, GeForce 8800 GTS, 9800 GTX, GTS 250, etc.

Para o Krita 3.3 ou posterior: o Krita no Windows pode usar o Direct3D 11 para a aceleração gráfica (através do ANGLE). Isto é activado automaticamente nos sistemas com um GPU da Intel.

Não consigo editar o texto dos ficheiros PSD criados pelo Photoshop

Não existe ainda o suporte de texto para os ficheiros PSD. O texto irá aparecer rasterizado e convertido para uma camada de pintura.

Quanta memória ocupa a minha imagem?

Para imagens simples, é fácil de calcular: você pode multiplicar a largura * altura * canais * tamanho dos canais (por isso, para uma imagem RGBA de 16 bits inteiros: 1000 x 1000 x 4 x 2). Poderá multiplicar este valor pelo número de camadas mais dois (uma para a imagem e outra para a apresentação). Se adicionar máscaras, camadas de filtragem ou de clonagem, ficará ainda mais complicado.

Porque é que fico com um padrão em xadrez quando uso a borracha?

Provavelmente está habituado ao Gimp ou ao Photoshop. O fundo por omissão da primeira camada nessas aplicações não tem um canal de alfa por omissão. Como tal, na sua camada de fundo, a borracha apaga com a cor de fundo.

No Krita, todas as camadas têm um canal alfa; se quiser pintar com a cor de fundo, deverá simplesmente fazê-lo numa camada por cima da primeira (Camada 1), que o impeça de apagar a cor de fundo branca, tornando o padrão em xadrez visível. Irá obter o mesmo efeito por exemplo no Gimp, se criar uma imagem nova, adicionar um canal alfa e depois usar a ferramenta da borracha. A maioria dos utilizadores do Krita irão iniciar de facto um rascunho no Krita sobre uma camada nova vazia antes de fazer seja o que for. (A tecla Ins é um atalho útil aqui). Isso não usa muita memória, dado que uma camada em branco ou uma camada com a cor predefinida só ocupa um pixel de memória.

O Krita consegue trabalhar com imagens a 8 bits (indexadas)?

Não. O Krita foi desenhado de base para usar cores reais, não paletas indexadas. Não existem planos para suportar imagens de cores indexadas, ainda que o Krita consiga exportar para alguns formatos de imagens com cores indexadas, como o GIF. Contudo, não oferece um controlo detalhado sobre os valores dos pixels.

Onde é que consigo encontrar versões mais antigas do Krita?

Todas as versões mais antigas do Krita que ainda estão disponíveis poderão ser encontradas aqui:

No Windows, a interface de utilizador do Krita é demasiado grande no meu ecrã

Se estiver a usar o Windows, poderá definir a escala do ecrã para 150% ou 200%. O Krita vem com o HiDPI activo por omissão, pelo que se o fizer, a interface do Krita poderá ficar demasiado grande para o seu ecrã. Podê-lo-á desligar se executar os seguintes passos:

  • No menu, seleccione Configuração ‣ Configurar o Krita…

  • Na página Geral, mude para a página Janela.

  • Desligue a opção Activar o suporte para Hi-DPI (ou assinale-a, caso queira activá-lo)

  • Novo na versão 5.0: Se estiver a usar uma escala de ecrã fraccionária (não múltipla de 100%), poderá em alternativa tentar manter a opção Activar o suporte Hi-DPI e também activar a (Hi-DPI) Activar o factor de escala fraccionário.

  • Carregue em OK, caso o ecrã de configurações seja demasiado grande, enquanto o Alt + O irá activar o botão OK.

  • Reinicie o Krita

Poderá também alterar o tamanho dos ícones da área de ferramentas se carregar com o botão direito sobre a mesma e seleccionar um outro tamanho.

Windows: No modo de ecrã completo, porque é que existe um intervalo pequeno no fundo da janela?

Quando a Aceleração Gráfica da Área de Desenho estiver configurada como OpenGL, poderá ver um pequeno intervalo no fundo da janela, através do qual consegue ver à transparência. Isto é feito de propósito para contornar um erro que fazia com que os menus e as listas deixassem de funcionar. Se achar que isto o incomoda, pode tentar mudar o Sistema de Desenho para o Direct3D 11, que não precisa deste truque.

Windows: o OBS não consegue gravar a área de desenho OpenGL do Krita

Os possíveis tratamentos alternativos para isto é fazer uma das seguintes coisas:

  1. Desligue o OpenGL em Configuração ‣ Configurar o Krita… ‣ Apresentação.

  2. Ou não use o modo acelerado por “hardware” (modo de gravação de jogos) no OBS, capturando assim o ecrã todo em vez de tentar capturar apenas o Krita.

Poderá também querer contornar o problema se usar o sistema de desenho ANGLE em vez do OpenGL nativo.

Windows: Posso usar o Krita com o Sandboxie?

Não, isto não é recomendado. O Sandboxie causa intermitências e bloqueios, devido à forma como intercepta as chamadas por recursos no disco.

Windows: o Krita não consegue gravar

Se a mensagem for «File not found. Check the file name and try again.» (Ficheiro não encontrado. Verifique o nome do ficheiro e tente de novo), provavelmente tem o Acesso Controlado à Pasta activo.

  • Seleccione Iniciar ‣ Configuração.

  • Escolha Actualização & segurança ‣ Windows Defender.

  • Seleccione Abrir o Centro de Segurança do Windows Defender.

  • Seleccione Protecção contra vírus & ameaças e depois escolha Configuração da protecção contra vírus & ameaças.

  • No Acesso controlado à pasta, active-a ou desactive-a.

Poderá também autorizar o Krita, seguindo estas instruções.

Windows: o Krita não consegue mais abrir o meu ficheiro

O seu ficheiro ficou danificado. Existem diversos motivos que poderão provocar isto:

  1. O Windows foi encerrado de forma inadequada, como por exemplo ao carregar no botão para desligar. Isto impede o seu computador de terminar as coisas que estava a fazer e guarda de forma incorrecta os seus ficheiros. Por favor, tente sempre desligar o seu computador através do procedimento de encerramento adequado e, caso esteja numa situação em que isto não é possível (como alguns bloqueios), faça cópias de segurança diárias! Isto poderá fazer com que o ficheiro seja preenchido com zeros, pelo que não poderá assim ser recuperado.

    Alterado na versão 4.2.8: O Krita na versão 4.2.8 introduziu uma medida especial de segurança para o Windows que o deverá ajudar a evitar esta situação. Porém, em qualquer dos casos, a menos que algo torne isto impossível, certifique-se sempre que encerra o seu sistema com a abordagem normal. No Windows, isto significa ir ao menu Iniciar e seleccionar «Encerrar».

  2. As aplicações de segurança mal programadas poderão tentar reescrever de novo os ficheiros KRA, ou impedir o Krita de escrever na pasta onde deseja gravar. Isso poderá ser verificado ao tentar escrever nesse local e então, sem encerrar o Krita, verificar na pasta se o ficheiro foi gravado. Os ficheiros perdidos por este motivo não podem ser recuperados.

  3. Os serviços na “cloud”, como o Dropbox e o OneDrive são conhecidos por impedir o Krita de fazer a gravação. Foram implementadas correcções para isto mas, como acontece acima, é importante referir que isto não é a causa do problema. Os ficheiros perdidos por este motivo não podem ser recuperados.

  4. Em algumas ocasiões, os ZIP’s que compõem os ficheiros KRA têm em falta os últimos “bytes”. Estamos a fazer todos os possíveis para impedir este tipo de dano, mas poderá ser uma questão com o sistema de ficheiros. Este erro em particular poderá ser corrigido se mudar o nome da extensão (no Windows, terá de activar primeiro as extensões dos ficheiros, o que fica fora do âmbito desta FAQ) para ZIP e depois usar um utilitário de reparação de ZIP’s para corrigir o ficheiro em questão. Depois, volte a mudar a extensão para KRA.

  5. Se o Krita não devolver nenhuma mensagem de erro, mas sim estoirar, o seu ficheiro poderá ser demasiado grande para o Krita, pelo que o sistema operativo poderá tentar encerrá-lo. Tente fechar alguns programas, como os navegadores Web ou serviços de transmissões, para libertar alguma da memória actual. Deverá depois conseguir abrir o ficheiro em questão. Nesta altura, a acção recomendada é tentar reduzir o tamanho do ficheiro de alguma forma, como por exemplo reunir algumas camadas, separar uma divisão ou reduzir a escala da imagem.

Como recuperar os meus ficheiros?

  1. Verifique se tem algum ficheiro de cópia de segurança ou gravação automática nalgum sítio: Gravação, Gravação Automática e Ficheiros de Cópias de Segurança.

  2. Verifique se consegue abrir o ficheiro como um pacote ZIP.
    1. Mude a extensão do ficheiro de .kra para .zip.

    2. Tente-o abrir (o seu sistema deverá escolher automaticamente uma ferramenta de acesso a pacotes).

    3. Existe um ficheiro “mergedimage.png” dentro que representa todas as camadas reunidas, o qual poderá usar para referência, no caso de não conseguir recuperar mais nada.

  3. Verifique se a ferramenta de reparação de ZIP’s ajuda.
    1. Copie o ficheiro para que tenha uma cópia de segurança só porque sim.

    2. Mude a extensão do ficheiro de .kra para .zip.

    3. Use uma ferramenta de reparação de ZIP’s no ficheiro .zip.

      # No Linux:
      mv ficheiro.kra ficheiro_copia.zip
      zip -F ficheiro_copia.zip --out ficheiro_novo1.zip
      unzip ficheiro_novo1.zip
      # se mesmo assim não resultar:
      zip -FF ficheiro_copia.zip --out ficheiro_novo2.zip
      unzip ficheiro_novo2.zip
      # se mesmo assim não funcionar, tente executá-lo de novo no *ficheiro_novo2.zip* ou no *ficheiro_novo1.zip*
      
      # No Windows:
      Copie o ficheiro e mude a extensão do mesmo.
      Use qualquer ferramenta gráfica de reparação de ZIP's sobre o ficheiro novo. (Siga as instruções desse programa específico).
      
    4. Tente abri-lo no Krita.

    5. Se não conseguir abri-lo no Krita, tente o truque em 2.: abra o pacote e procure o ficheiro “mergedimage.png”.

  4. Abra o seu ficheiro no Notepad ou em qualquer outro editor de texto. Se o conteúdo do ficheiro for só apenas um símbolo NULL repetido, significa que o ficheiro está muito provavelmente irrecuperável usando o método normal. Se for realmente de uma grande importância para si, poderá tentar recuperar a gravação anterior com métodos que verifiquem o disco rígido directamente.

Estoiros do Krita no Windows 7 ao arrancar

Desde a versão do Krita 4.2.0, o Krita usa a versão 5.12 da biblioteca Qt. Esta precisa de ter acesso ao Direct3D 11 ou ao OpenGL ES 2.0 ou superiores. Poderá ter de instalar controladores apropriados para o seu GPU (Nvidia, AMD/ATI, Intel). Isto também torna difícil a execução do Krita num ambiente virtual: no Virtual Box terá de instalar as extensões no modo seguro e activar o suporte experimental para Direct3D.

O Krita bloqueia aleatoriamente no meu sistema Windows

Está a usar alguma aplicação de dicionários (p.ex. o Youdao Dictionary para os utilizadores chineses)? Algumas aplicações de dicionários conseguem ler palavras das janelas de outras aplicações e podem mostrar traduções das mesmas em tempo-real. Contudo, foi indicado que essas aplicações tendem a provocar bloqueios aleatórios no Krita. Se estiver a usar alguma dessas, certifique-se que SAI delas (sem ícones de notificações) enquanto usar o Krita. Algumas dessas aplicações continuam em execução em segundo plano mesmo depois de serem fechadas. Nesse caso, terá de as desinstalar.

Windows: Como é que consigo produzir um registo de chamadas?

Veja também

Dr. Mingw debugger

Se se deparar com um estoiro no Windows, e conseguir reproduzir o estoiro, o relatório de erros será muito mais valioso caso consiga criar um registo de chamadas. Um registo de chamadas é algo semelhante a uma “caixa negra” de um avião, onde ele diz quais os conjuntos de instruções que o seu computador estava a executar quando estoirou (onde ocorreu o estoiro), tornando-se muito útil para descobrir porque ocorreu o estoiro.

O depurador Dr. Mingw é fornecido com o Krita. Por favor, visite a página do depurador Dr. Mingw para obter instruções de obtenção de um registo de chamadas com ele.

Windows: a janela do Krita está semi-transparente

É provável que esteja a usar um GPU da NVidia. Devido a um erro no controlador da NVidia que ainda não conseguimos contornar, algumas vezes a janela do Krita ficará transparente ou semi-transparente. A solução é activar o sistema de desenho Angle na janela de Configuração do Krita. Abra o menu Configuração (Carregue em Alt-N se o menu não estiver visível e se o seu sistema está em Inglês), então abra a janela para Configurar o Krita. Na janela, seleccione a página de Visualização e seleccione o sistema de desenho Angle na lista Sistema de Desenho Preferido. Reinicie o Krita.

Porque é que existem três caracteres “e-comercial” (&) em alguns títulos das áreas acopláveis?

Isto é um erro numa das bibliotecas de terceiros que o Krita usa (e que, por inerência, não tem qualquer influência directa), onde as letras que deveriam estar de facto sublinhadas (para referenciar os atalhos de teclado que podem ser usados ao abrir o menu Configuração ‣ Área Acoplável) são antecedidas de facto por um “e-comercial” (&).

Este erro só ocorre com algumas configurações específicas do sistema (está relacionado com o estilo «Fusion») e/ou nos pacotes do Krita que tenham sido obtidos de terceiros (p.ex., em algumas distribuições de Linux).

Se estiver no Linux, a melhor forma de resolver isto é usar um pacote oficial do krita.org, como uma AppImage, um pacote Snap/Flatpak ou PPA, os quais são fornecidos oficialmente na página de transferência.

Tabletes

Quais as tabletes que o Krita suporta?

O Krita não é muito divertido sem uma tablete com sensibilidade à pressão. Se a tablete estiver devidamente configurada, o Krita deverá funcionar logo à partida.

No Windows, precisa de instalar os controladores do WinTab para a sua tablete, ou então activar a opção Introdução de Dados do Cursor do Windows 8+ na configuração do Krita.

Poderá encontrar uma lista validada pela comunidade das tabletes suportadas pelo Krita aqui.

Se estiver à procura de informações sobre “tablets” (e não tabletes de desenho) como o iPad ou “tablets” Android, veja aqui.

E se a sua tablete não for reconhecida pelo Krita?

Primeiro, verifique se tem os controladores instalados e a funcionar. A página de Tabletes de Desenho tem algumas explicações e descrições de problemas comuns. Se nenhum destes funcionar, gostaríamos que comunicasse o erro no bugs.kde.org, com um registo da tablete. Aqui está como poderá criar um registo da tablete:

  1. Tem de ter algo para onde enviar o registo. No 4.2, poderá usar a área do Visualizador do Registo para tal. Basta abrir o visualizador do registo e activar o mesmo.

    Alterado na versão 4.2: O visualizador de registos foi adicionado ao Krita no 4.2; como tal, para as versões mais antigas do Krita, provavelmente terá de executar o Krita no terminal, caso tenha instalado o Linux ou o macOS; no caso do Windows, instale o DebugView da página Web oficial da Microsoft, inicie o DebugView e depois inicie o Krita.

    Quando usar um terminal, certifique-se que activa o deslocamento ilimitado.

  2. Carregue em Ctrl + Shift + T, irá ver uma mensagens que lhe diz que foi iniciado o registo.

  3. Tente reproduzir o seu problema; poderá ver o registo a ser criado no visualizador à medida que desenha.

  4. Grave o resultado do visualizador do registo num ficheiro TXT, anexando-o ao relatório de erros.

No Linux, também é útil obter os seguintes dados:

  1. lsmod

  2. xinput

  3. xinput list-props (o ID poderá ser obtido do item 2)

Contudo, em 100% dos casos em que os utilizadores do Windows comunicaram que a sua tablete não funcionava, ao longo dos últimos cinco anos, o problema foi quase sempre um controlador com problemas ou uma instalação igualmente defeituosa, mas não um erro no Krita.

Como corrigir um deslocamento da tablete numa configuração com vários ecrãs no Windows

Se reparar que o cursor da sua tablete tem um deslocamento ao trabalhar na área de desenho do Krita, é bastante provável que o Krita esteja a obter uma resolução de ecrã errada do sistema. Esse problema ocorre principalmente quando está ligado um monitor externo e quando se ligou um monitor ou uma tablete após o arranque do sistema.

Poderá configurar isto se for à Configuração da Tablete.

Microsoft Surface Pro e N-Trig

O Krita 3.3.0 e posteriores suporta a API de Pointer do Windows (Windows Ink) de forma nativa. A sua tablete Surface Pro ou outra tablete com caneta N-Trig deverá funcionar sem problemas com o Krita após activar o Windows Ink em Configuração ‣ Configurar o Krita… ‣ Tablete.

Tablet Pro e o Surface Pro

Ao contrário da Wacom, a linha Surface de tabletes não tem botões por “hardware” funcionais. O Tablet Pro é um utilitário (não-gratuito) que coloca os botões virtuais no ecrã. O Krita 3.1 e posteriores terão perfis de atalho para funcionar com o Tablet Pro.

https://tabletpro.com/

Veja mais instruções em https://www.youtube.com/watch?v=WKXZgYqC3tI.

Algumas coisas estranhas acontecem no Windows, como ondas, anéis, perturbações e exorcismos

O Windows vem com um conjunto de definições que lhe permitem trabalhar com uma caneta. Todas essas definições poderão ser incómodas. Esta ferramenta podê-lo-á ajudar a configurar as definições correctamente quando estiver a usar uma tablete:

https://github.com/saveenr/Fix_My_Pen/releases

O Touch não parece funcionar no Windows

Poderá ter de desactivar e activar o controlador táctil: vá ao gestor de dispositivos. (Carregue no botão Iniciar e escreva “gestor de dispositivos). Escolha HID (Dispositivos de interface do utilizador ou algo do género). Escolha o dispositivo Intel(R) Precise Touch. Carregue nele com o botão direito e desactive-o. Carregue de novo com o botão direito e active-o.

Caixa de ferramentas

Falta a área ou caixa de ferramentas

Poderá repor o Espaço de Trabalho se carregar no botão mais à direita da barra de ferramentas, o Selector de Espaços de Trabalho, carregando depois num espaço de trabalho da lista.

Ou poderá carregar com o botão direito sobre o título de qualquer área acoplável ou espaço em branco de qualquer barra de ferramentas e seleccionar a Caixa de Ferramentas. É a primeira opção.

Do mesmo modo, poderá ver o menu de Configuração, que tem um conjunto interessante de coisas, depois vá ao menu de Áreas Acopláveis e seleccione a Caixa de Ferramentas.

O tamanho dos ícones das ferramentas é demasiado grande

Carregue com o botão direito na área de ferramentas para definir o tamanho.

O Krita não consegue ficar maximizado

Isto acontece quando as suas áreas acopláveis estão colocadas de tal forma que a janela não consegue ficar menos alta. Reorganize o seu Espaço de Trabalho.

Recursos

Existe alguma forma de repor um pincel predefinido que eu tenha substituído por engano por outro com novas definições?

Veja em Devolver um recurso à sua versão anterior.

Como é que configuro as predefinições favoritas?

Carregue com o botão direito sobre um pincel na área de pincéis e atribua-lhe uma marca. Depois, carregue com o botão direito na área de desenho para invocar a paleta instantânea, carregue no segundo ícone mais à direita, na parte inferior direita da paleta, para que possa escolher a marca que contém o pincel que lhe atribuiu.

Será que o Krita carrega pincéis do Photoshop?

Sim, mas com limitações. Poderá carregar os ficheiros ABR se usar o botão Importar na página de Pincéis predefinidos do editor de pincéis. Dado que a Adobe não disponibilizou a especificação do formato do ficheiro, dependemos de engenharia inversa para descobrir o que carregar, e neste momento está limitado a funcionalidades básicas.

O Krita é lento

Existe uma miríade de razões pelas quais isto aconteça. Em baixo encontra-se uma breve lista de validações.

  • Algo está a monopolizar o CPU ou a memória: o Spotify ou outras aplicações em Electron são conhecidas por fazer isto.

  • Está a correr o Windows e tem aplicações de segurança de terceiros, como o Sandboxie ou o Total Defender instaladas

  • Está a trabalhar com imagens que são demasiado grandes para o seu “hardware” (dimensões, profundidade dos canais ou número de camadas)

  • Não tem a aceleração da área de desenho activada

  • Tem a Sincronização Vertical (NVidia) activada

  • No macOS, em alguns computadores, poderá ter de desligar a aceleração gráfica da área de desenho na configuração do Krita.

Por favor, verifique também esta página.

Arranque lento

Provavelmente tem demasiados recursos instalados. Desactive alguns pacotes em Configuração ‣ Gerir as Bibliotecas de Recursos….

Se estiver a usar o Windows com o formato ZIP portátil, o Windows irá sondar todos os ficheiros sempre que iniciar o Krita. Isto demora uma eternidade. Poderá usar o instalador ou indicar ao Microsoft Security Essentials para abrir uma excepção para o Krita.

Pincéis Lentos

  • Verifique se activou por engano o estabilizador na área de opções da ferramenta.

  • Tente outro modo de escala como o tri-linear. Configuração ‣ Configurar o Krita… ‣ Apresentação.

  • Tente uma profundidade do canal inferior a 16 bits.

  • Para a NVidia, tente um espaço de cores de 16 bits em vírgula flutuante.

  • Para os CPU’s da AMD mais antigos (Krita 2.9.10 e posteriores), desligue as optimizações vectoriais que têm problemas nos CPU’s da AMD. Configuração ‣ Configurar o Krita… ‣ Performance. Isto não é necessário se tiver um CPU Threadripper™ da AMD.

  • É um programa relativamente exigente em memória; como tal, 2GB de RAM é o mínimo, e 4GB é o mínimo aceitável.

  • Verifique se não está mais nada a monopolizar o seu CPU.

  • Verifique se a Antevisão Instantânea está activada, caso esteja a usar pincéis maiores (mas no casos pincéis muito pequenos, certifique-se que está desactivada).

  • Configure a precisão do pincel como 3 ou automática.

  • Use um valor maior para o espaço do pincel.

  • Se tudo isto falhar, grave um vídeo e publique uma ligação e descrição no fórum Krita Artists na categoria apropriada.

  • Verifique se o OpenGL está activado e, caso não esteja, active-o. Se estiver activo, e se estiver em Windows, tente o sistema de desenho Angle. Ou desactive-o.

Lentidão ao fim de estar a trabalhar um bocado

Assim que tiver a lentidão, carregue nas dimensões da imagem na barra de estado. Ele irá indicar quanta RAM o Krita está a usar, se já atingiu o limite ou se começou a trocar a memória por memória virtual. Essa troca poderá tornar um programa muito mais lento, por isso trabalhe com imagens menores ou aumente a quantidade máxima de RAM em Configuração ‣ Configurar o Krita… ‣ Performance ‣ Página Avançado.

Animação

Porque é que a minha animação fica preta no meu leitor de vídeo

Não desenhou a animação com a opção de «baseline» e está a usar o Windows Media Player predefinido. Volte a desenhar com a opção «baseline» ou use uma aplicação de reprodução de vídeos melhor, como o VLC. Consulte este diagrama útil.

Ferramentas

Atalhos

Alguns atalhos ficaram inutilizados ao fim de desenhar durante algum tempo

Carregou alguns Esquemas de Teclado ou Atalhos (por exemplo, esquemas compatíveis com o Photoshop/SAI) que não os predefinidos? Se for o caso, certifique-se que carregou o mesmo esquema tanto para os Atalhos de Teclado como da Área de Desenho (p.ex., Compatíveis com o Photoshop para ambos os atalhos). Se os esquemas em ambos os lados não corresponderem, poderá obter alguns conflitos de atalhos, como por exemplo: a ampliação/deslocamento/rotação com o botão do meio deixa de funcionar; mesmo o pincel deixa de conseguir desenhar em alguns casos.

Licença, direitos e a Krita Foundation

Quem é o dono do Krita?

A Stichting Krita Foundation possui a marca registada do Krita. Os direitos de cópia do código-fonte pertencem a todos os que trabalharam no mesmo.

Quem ou o que é a Kiki?

A Kiki é um ciber-esquilo. É a nossa mascote e foi desenhada pelo Tyson Tan. Escolhemos um esquilo quando descobrimos que ‘krita’ é a palavra Albanesa para Esquilo.

Porque é que o Krita é livre?

O Krita é desenvolvido como software livre dentro da comunidade do KDE. Acreditamos que as boas ferramentas devem estar disponíveis para todos os artistas. Poderá também comprar o Krita na Loja do Windows caso queira dar suporte ao desenvolvimento do Krita ou queira ter actualizações automáticas para as versões mais recentes.

Porque é que o Krita não se encontra no Steam nem na Loja Gratuita da Microsoft?

O Krita no Steam e na Loja do Windows continua a ser uma aplicação de Código Aberto e Software Livre; os binários são exactamente os mesmos que também poderá obter no krita.org. Colocámos um preço na transferência do Krita em ambas as lojas para criar algum suporte para o desenvolvimento do Krita. Ninguém está a ficar rico com isto, mas as receitas do Steam e da Loja do Windows pagam neste momento a participação a tempo-inteiro de 4 programadores do Krita. Veja mais informações em Krita Disponível na Loja do Windows.

Posso usar o Krita a nível comercial?

Sim. O que criar com o Krita é da sua exclusiva propriedade. Você é o dono do seu trabalho e poderá licenciar as suas obras como entender. A licença GPL do Krita aplica-se ao código-fonte do Krita. O Krita poderá ser usado comercialmente pelos artistas para qualquer fim, pelos estúdios para criar arte conceptual, texturas ou VFX, por artistas de jogos para trabalhar em jogos comerciais, pelos cientistas para investigação e pelos estudantes ou instituições educativas.

Também poderá criar vídeos ou transmitir o seu ecrã com a interface do Krita visível (o que pode ser usado para criar tutoriais artísticos ou retrospectivas).

Se modificar você mesmo o Krita e distribuir o resultado, terá de partilhar as suas modificações connosco. A licença GPL da GNU do Krita garante-lhe essa liberdade. Não é permitido a ninguém tirá-la.

Posso obter o Krita para o iPad? Para o Android?

Não é possível para o iOS ou iPadOS nesta altura: existem `problemas em qualquer caso onde se ponha uma aplicação licenciada segundo a Licença Pública da GNU v3 na loja de aplicações do iOS https://www.fsf.org/news/2010-05-app-store-compliance`_. O Krita para o Android está de momento na fase beta na loja Google Play O F-Droid está a caminho.

Quem traduz o Krita

O Krita é uma aplicação do KDE — e orgulha-se disso! Isto significa que as traduções do Krita são feitas pelas equipas de traduções do KDE. Se quiser ajudar, junte-se à equipa da sua língua! Existe outra forma de ajudar a fazer com que o Krita pareça bonito em qualquer língua e isso passa por se juntar à equipa de desenvolvimento e corrigir os problemas com o código que tornam o Krita mais difícil de traduzir.

Referência

https://answers.launchpad.net/krita-ru/+faqs